CONAFER avança em parceria com Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca da Presidência da República

O setor produtivo dos pescadores andava em baixa e descreditado desde a extinção do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), até que dia 6 de abril a Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca (SEAP/PR) foi incorporada à Presidência da República e desde lá atua com poderes de Ministério para promover políticas públicas ao setor pesqueiro, que agora volta a receber atenção dos órgãos públicos. Sabendo da importância desse segmento de trabalhadores para a economia, a CONAFER requisitou uma audiência para discutir estratégias de fortalecimento dos pescadores através de uma parceria institucional.

Na manhã desta quinta-feira, 20, o Secretário Dayvson Franklin de Souza, da SEAP/PR, recebeu em seu gabinete a comitiva da CONAFER composta pelo presidente Carlos Lopes, o Coordenador Jurídico Nacional Alexandre Lopes, e o Secretário Nacional de Pesca da CONAFER, Anderson Nunes.

A conversa foi muito produtiva e ambos os lados perceberam que somados seriam capazes de conquistar grandes coisas ao setor, visto que a CONAFER já realiza um trabalho com diversas comunidades rurais e tradicionais e a SEAP/PR tem as condições de proporcionar informações e capacitações à esses territórios.

Os pescadores artesanais, agricultores familiares, ribeirinhos, indígenas e quilombolas são a base de atuação da CONAFER, que vai a campo vivenciar, ouvir e pensar junto às comunidades jeitos de melhorar as condições de trabalho e existência para esses povos. Tendo isso em vista, a CONAFER compreende que todos os citados são abarcados pela legislação da pesca graças às suas atividades artesanais pesqueiras e, portanto, tem direito às políticas do setor.

A proposta é que haja um acordo de cooperação técnica entra a CONAFER e a SEAP/PR, onde informações, projetos, cursos, oficinas, formações e capacitações técnicas serão levadas até as comunidades, visando engrandecimento do setor e maior rendimento para os territórios, que se dará através de uma atividade capacitada de união do conhecimento ancestral com as novas tecnologias e mão de obra especializada.

Os encaminhamentos da reunião foram bem frutíferos e em breve grandes novidades dessa parceria virão por aí! Sempre em busca de melhores condições de existência para nosso povo brasileiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *