Famílias ocupam fazenda às margens da Dutra em Taubaté

FONTE: G1

Um grupo com cerca de 170 famílias ocupou neste domingo (4) uma fazenda em Taubaté (SP). A área invadida fica no km 110 da Dutra.

De acordo com o coordenador do movimento de reforma agrária União Nacional Camponesa (UNC), Thales Ramos, o local estava abandonado. “O local não tem sua função social, os donos não têm mais a posse da área. Há um embrólio entre a Prefeitura e os proprietários”, disse.

Segundo o coordenador, eles querem que o poder público se mobilize a respeito das quatro áreas que eles pleiteiam na região – a principal é a Estábulo 2, em Pindamonhangaba. “Vamos permanecer até que avancem as negociações”, afirma.

A PM informou que não foi acionada para atender nenhuma ocorrência no espaço. A Prefeitura de Taubaté informou que tomou conhecimento da ocupação da área pela Polícia Militar. Será feita uma pesquisa para comprovar a titularidade de posse do local. Caso seja da prefeitura, serão ajuizadas as medidas judiciais cabíveis.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) foi procurado pela reportagem e respondeu nesta terça (6) que analisa demandas apresentadas pela UNC, mas ainda não enviou equipes técnicas a campo para verificar o local. A avaliação do Incra pode iniciar, se for o caso, o processo de desapropriação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *