fbpx

Saiba qual será a primeira ação da Secretaria da Agricultura Familiar

FONTE: Click RBS

Os sete nomes definidos para o Ministério da Agricultura foram empossados pela ministra Tereza Cristina na manhã de desta quarta-feira (02)

Depois das posses presidencial e ministerial, foi a vez de os secretários ocuparem suas posições. Os sete nomes definidos para o Ministério da Agricultura  foram empossados pela ministra Tereza Cristina na manhã de ontem. Em sua fala, a titular da pasta disse que “um só ministério olhará com igual destaque para todos os produtores”. Rebateu, ainda, as críticas recebidas pelo segmento:

— A discussão honesta deveria partir de uma premissa básica: o Brasil é um país com legislação ambiental extremamente avançada e que mais soube preservar suas florestas nativas e matas ciliares. Nosso país é um modelo a ser seguido; jamais um transgressor a ser recriminado.

Entre os que fazem parte da nova composição do ministério está o gaúcho Fernando Schwanke. Na última sexta-feira, ele e os outros secretários estiveram reunidos com a ministra, para estabelecer as metas dos primeiros cem dias de governo. E adiantou aquela que será a primeira ação voltada à agricultura familiar:

— Dar validade de dois anos para a Declaração de Aptidão ao Pronaf, que garante o acesso aos financiamentos.

Portaria anterior determinava que o documento tinha de ser renovado todo o ano. Em fevereiro, venceria nova leva, com impacto sobre cerca de 3 milhões de propriedades. Outra medida a ser adotada nos primeiros meses de governo será a de migração da DAP para Cadastro Nacional da Agricultura Familiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *