Moderfrota anima o setor de máquinas mas não a agricultura familiar

FONTE: Canal Rural

 

O comentarista Benedito Rosa analisa se o motivo do descontentamento foi a alta nas taxas de juros da linha de financiamento

 

O volume de crédito disponibilizado no Plano Safra 2019/2020 para o Moderfrota, principal linha de financiamento de máquinas agrícolas, agradou produtores do Rio Grande do Sul. O estado concentra mais de 65% da indústria de máquinas e implementos voltados à agropecuária.

De acordo com o anúncio do governo federal, a linha de investimento contará com 8% a mais em recursos, mas também terá taxas de juros um pouco maiores, o que incomodou o setor.

Representantes da agricultura familiar, por outro lado, não ficaram satisfeitos com as condições do Plano Safra deste ano, apesar de contarem com mais recursos. O comentarista Benedito Rosa analisa os possíveis motivos do descontentamento.

Assista a reportagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *