Das sementes do desenvolvimento plantadas pelas duas nações há uma década no Oriente Médio, nascem os frutos de uma nova história nas relações entre brasileiros e sauditas

Há uma década com o objetivo de estreitar as relações e os negócios entre brasileiros e sauditas, foi criado o CICIBAS, Centro de Investimentos, Comércio e Indústria, Brasil e Arábia Saudita.

Desde que foi criado, a visão do CICIBAS é ser o líder em oportunidades de negócios e investimentos para a República Federativa do Brasil e o Reino da Arábia Saudita. A missão é promover, desenvolver e expandir as relações comerciais entre os dois países, transformando-os em parceiros estratégicos para o século XXI.
Nesta mesma época, há 10 anos, nascia um novo tempo na agricultura familiar brasileira com a CONAFER, a Confederação Nacional dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais.

 

Carlos Lopes, presidente da CONAFER e Anderson Colatto, vice-presidente do CICIBAS, Centro de Investimento, Comércio e Indústria Brasil e Arábia Saudita, acertam detalhes do Acordo de Cooperação Técnica antes da assinatura

A visão da CONAFER é ser referência no desenvolvimento do segmento econômico agrofamiliar responsável por 10% do PIB brasileiro. Sua missão é promover o bem-estar social, o crescimento produtivo e financeiro do segmento agrofamiliar, garantir segurança alimentar e atuar pela sustentabilidade neste novo século.
Agora, as duas entidades celebram um acordo inédito para os dois países por meio de um ACT, Acordo de Cooperação Técnica, nos termos do Acordo Geral de Cooperação firmado entre os governos do Brasil e da Arábia Saudita, assinado em Riad, em 16 de maio de 2009.

O CICIBAS e a CONAFER se unem para plantar e colher juntos um novo campo de atuação nos acordos bilaterais de cooperação técnica, de troca de experiências científicas, de valorização cultural entre os dois povos, de novos investimentos entre dois líderes de diversos segmentos da economia global.

Nos últimos anos, a Arábia Saudita realizou diversas reformas e implementou regulamentações para melhorar o seu ambiente de negócios, já projetando o cenário de 2030. Uma destas ações trata da sua segurança alimentar.

Para Carlos Lopes, presidente da CONAFER, “a dimensão do Acordo com o CICIBAS e as suas demandas, são uma excelente oportunidade de estreitar parcerias com um país líder na região do Oriente Médio, mas que não tem a mesma capacidade de produção de alimentos do Brasil. Pois, 95% de sua área é deserto. Assim, a CONAFER estabelece uma ponte importante entre os dois países, selando um Acordo que abre novas perspectivas para o nosso segmento econômico. A ideia de um mundo global e de novos horizontes de negócios começa a se materializar para nós da agricultura familiar brasileira.”

Matérias relacionadas