+PECUÁRIA BRASIL: 1ª inseminação artificial em Roraima é semente de sucesso do programa em todo o país

da Redação

13 de setembro de 2021 ficará gravado para sempre na memória da pecuária familiar de Roraima, mais especificamente, para os pecuaristas indígenas das aldeias Macuxi, Tuxaua, Wapixana e Taurepang, que compartilham os seus rebanhos na Xanadu, na fazenda coletiva de 12 mil hectares, na região do Alto São Marcos, município de Pacaraima, cenário da implantação do inédito programa de melhoramento genético, desenvolvido em parceria entre CONAFER, ALTA GENETICS e o governo roraimense. Este marco na história da Confederação, reforça a sua missão de levar investimentos, capacitação e tecnologia aos agricultores familiares de todo o país. Este fomento ao setor agrofamiliar diretamente no campo, na linha de frente da produção agropecuária, mostra que não teremos apenas rebanhos com genética superior a curto prazo, mas também produtores familiares com uma vida mais próspera

Uma semana antes da primeira inseminação do +Pecuária em Roraima, a CONAFER foi convidada pelo governo do estado para participar do Dia de Campo dedicado aos pequenos produtores roraimenses, um dia de cooperação técnica que teve 15 municípios participando do treinamento, com presença do governador Antonio Denarium, além do secretário Aluízio Nascimento, da Seapa, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Em um estande, o representante da CONAFER, Carlos Schumaker, coordenador técnico do +Pecuária para o Norte e Nordeste, recebeu todos os técnicos dos municípios, e cada técnico trazendo produtores de sua região, quando foram apresentados ao programa e realizaram seus cadastros para fazer parte do +Pecuária.

De camisa xadrez, Carlos Schumaker, coordenador técnico da CONAFER do +Pecuária para o Norte e Nordeste, quando foi recebido pelo secretário Aluízio Nascimento, da SEAPA, à sua direita, e pelo governador de Roraima, Antonio Denarium, à sua esquerda, no Dia de Campo, promovido pelo governo do Estado dias antes da 1ª inseminação na fazenda Xanadu

.

As boas práticas do Dia de Campo já eram o prenúncio do sucesso que foi a primeira inseminação feita nesta última segunda-feira

Carlos Schumaker, mesmo com toda a sua experiência de veterinário, emocionou-se com a primeira inseminação do +Pecuária, e agradeceu dizendo “obrigado a todos, queria muito dividir com vocês que não ficam no campo, porém são fundamentais para o andamento e sucesso do nosso programa, espero que esse vídeo passe a emoção que senti das pessoas aqui presentes. Isso nos fortalece e mostra o tamanho da nossa responsabilidade. Saibam que a conquista deste sonho começa a se tornar realidade nas comunidades pelo Brasil, um sonho de todos nós da CONAFER”.

Equipe que participou da primeira inseminação na fazenda Xanadu, com o coordenador do Espaço CONAFER em Boa Vista, Evandro Pereira (boné e camiseta preta) ao lado de Carlos Schumaker (macacão azul), responsável pela primeira inseminação do +Pecuária em solo roraimense

Renato Guimarães, diretor técnico do +Pecuária pela CONAFER, descreveu muito bem o significado desta data: “ a primeira inseminação artificial do programa +Pecuária Brasil foi a primeira de milhares, e principalmente, foi a semente que se tornará milhões por todo o território nacional, um dia histórico para o estado de Roraima, para os povos indígenas e para CONAFER. A inseminação artificial é um procedimento veterinário amplamente difundido e executado diariamente em todo o país, e seria apenas mais uma, não fosse todo o significado que carrega: Roraima é um estado distante dos grandes centros, com dificuldade logística, com infraestrutura por vezes insuficientes, mas com muita ambição de crescimento. A fazenda Xanadu fica localizada em terras indígenas, que são ignoradas como sistema produtivo muitas vezes. Pois bem, esse foi o cenário perfeito para marcar esse dia histórico do agronegócio familiar: o começo do melhoramento genético dos rebanhos leiteiro e de corte, seja em qual Estado for, sem distinção de propriedade ou comunidade! O programa +Pecuária vem com esse propósito: difundir e democratizar o melhoramento genético em todo Brasil!”.

Renato Guimarães, diretor técnico do +Pecuária pela CONAFER, descreveu muito bem o significado desta data: “ a primeira inseminação artificial do programa +Pecuária Brasil foi a primeira de milhares, e principalmente, foi a semente que se tornará milhões por todo o país”.

Agora, o +Pecuária Brasil segue com o programa de melhoramento genético na Xanadu. Até o final do ano devem ocorrer pelos menos 500 inseminações, seguindo sempre a implantação dos protocolos de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo), o que normalmente garante uma taxa de 40 a 50% de prenhez. Portanto, em breve teremos no mínimo 200 bezerros mais fortes, muito mais saudáveis e com uma genética capaz de aumentar a produção e transformar para melhor a vida dos pequenos pecuaristas de Roraima.

Acompanhe o momento histórico da primeira inseminação do +Pecuária Brasil executada por Carlos Schumaker

+PECUÁRIA BRASIL é o salto de qualidade da pecuária agrofamiliar brasileira

Em parceria com a líder mundial na tecnologia de inseminação artificial, a ALTA GENETICS, a CONAFER criou o programa + Pecuária Brasil para o desenvolvimento dos rebanhos bovinos de corte e leite em todo o país, contribuindo decisivamente para o crescimento socioeconômico dos pecuaristas agrofamiliares brasileiros.

O programa tem a duração de 4 anos para ocorrer o efetivo melhoramento genético. Neste período, a CONAFER fará a doação de sêmens aos pequenos pecuaristas de estados e municípios, atingindo milhares de produtores em todo o território nacional.
Para desenvolver o +Pecuária Brasil nos estados e municípios, os corpos técnicos da CONAFER e da ALTA GENETICS darão o treinamento de nivelamento dos técnicos das secretarias de forma presencial.
Às secretarias de estado e municípios caberá a definição de um corpo técnico para elaborar o plano de trabalho e implantar o +Pecuária Brasil por meio da seleção dos pecuaristas que tenham propriedades em boas condições sanitárias e nutricionais do rebanho.

Os benefícios do +Pecuária Brasil

+ Vantagens ao pecuarista

A reprodução é um dos fatores que mais afetam a produtividade e a lucratividade de um rebanho. Uma fazenda com bom desempenho reprodutivo consegue produzir mais, vender mais e gerar mais lucro.
Os produtores terão apoio técnico para o melhoramento genético do seu plantel por meio de inseminação artificial. Tudo sem custos durante 4 anos e com acompanhamento do gado inseminado neste período.

+ Qualidade no rebanho

As doses, insumos e logística são de responsabilidade da CONAFER. A alta qualidade dos sêmens tem a garantia da empresa ALTA GENETICS, referência internacional em genética bovina.
O programa trabalha com touros provados e acesso ao catálogo de raças da ALTA GENETICS, reduzindo as chances de doenças genéticas nos plantéis.

+ Lucro no negócio

Com a melhora dos índices de reprodutividade, eleva-se a produção leiteira, a qualidade do gado de corte e a lucratividade final do produtor.
A garantia de um rebanho certificado aumenta o valor do produto final, melhora a comercialização e cria perspectivas de futuro para o negócio.

+ Tecnologia na produção

A tecnologia da inseminação artificial atua no aumento de produção de arrobas por hectare, no tamanho da carcaça, na fertilidade, na eficiência alimentar, na resistência a doenças. Em resumo: o melhoramento genético diminui o custo e aumenta a produção.
Um software de Alta Gestão fará o gerenciamento da reprodução, melhorando a taxa de prenhez e os índices de reprodutividade. O sistema é online, e depois de alimentado com informações reprodutivas da fazenda, gera listas, gráficos e relatórios para tomadas de decisões de forma rápida e precisa.

+ Sustentabilidade no campo

O melhoramento genético é a melhor ferramenta para responder à demanda por sustentabilidade ambiental. No mais positivo dos cenários, em relação ao desempenho, é possível ter o dobro de produção em metade das terras ocupadas atualmente pela bovinocultura.
A produção sustentável garante mais lucros com menores custos, conserva os solos e os recursos hídricos, preserva a biodiversidade, possibilita o sequestro de carbono maior que a emissão de metano dos bovinos, além da pastagem com melhor qualidade nos períodos críticos do ano.

+ Desenvolvimento para estados e municípios

O programa integra-se às políticas públicas de estados e municípios. Por meio de um Acordo de Cooperação Técnica com a CONAFER, o governo estadual tem a oportunidade de fomentar o setor, melhorar as condições socioeconômicas dos pequenos produtores, gerar mais empregos, levar nova tecnologia ao campo e ampliar as receitas estaduais com o crescimento de toda a cadeia produtiva agropecuarista.