CONAFER e Associação Aldeia Meio da Mata fortalecem autonomia dos Pataxó

da Redação

Filiação da Associação Comunitária Indígena Pataxó Meio da Mata à Confederação, dá uma nova perspectiva socioeconômica e fortalece projetos na comunidade em Porto Seguro-BA

A ACIPAMM, Associação Comunitária Indígena Pataxó Meio da Mata, na Aldeia Meio da Mata, está construindo uma nova experiência de diversificação da produção e de desenvolvimento econômico, a partir dos incentivos recebidos com a filiação à CONAFER.

O pataxó Josenildo Brito, responsável por articular os projetos da entidade, relata que a parceria é fundamental para o fortalecimento da comunidade. “A parceria com a CONAFER veio com uma expectativa nova e diferenciada, que irá gerar grandes frutos e desenvolvimento para a aldeia.”

Josenildo destaca que a parceria com a Confederação já possibilitou a chegada de recursos utilizados na compra de implementos agrícolas, como: trator, carroça, grade, plantadeira, batedeira, roçadeira, e irá contemplar cada associado com os quintais produtivos.

Josenildo Brito, de cocar azul, e agricultores Pataxó ao lado da produção para o Programa de Aquisição de Alimentos

Quintais produtivos ampliam produção e receitas

“Nos quintais produtivos, nós iremos trabalhar com lavouras brancas, como feijão, milho e outros produtos. No meio da pandemia, conseguimos produzir mais de 3 toneladas de feijão e vários tipos de hortaliças e garantimos algumas vendas para o PAA – Programa de Aquisição de Alimentos”, relata.

A comunidade comemora o ano de fartura nas plantações e também no trabalho de apicultura, que beneficiou 28 apicultores indígenas associados à entidade. “ O mel, hoje, é um dos nossos principais produtos, e tem nos trazido muitas parcerias e retorno econômico”.

A ACIPAM produz uma série de produtos, como: feijão, milho, melancia, pimenta-do-reino, mel, farinha, polvilho, café, aroeira, colorau, abacaxi, batata doce, óleo de coco. Também produz o óleo medicinal de amescla e um sabonete íntimo com esse mesmo óleo, algodão, mel e menta. “Ao optarmos pela agricultura familiar, esses projetos surgem para desenvolver a comunidade e uma esperança de melhorar a realidade de todos aqui”, enfatiza.

A Aldeia Meio da Mata mantém quintais produtivos no modelo de agrofloresta, com o plantio de mudas nativas junto com a aroeira e o cacau. O que beneficia o produtor e também a preservação da fauna e flora.

Josenildo afirma que a parceria com a CONAFER tem sido muito valorizada. “Estamos vendo os primeiros frutos desta grande parceria, que nos têm permitido ampliar a produção da comunidade e, assim, desenvolver novos projetos”, finaliza.

Anciãos indígenas têm apoio da Conafer na busca por autonomia

da Redação

Secretarias indígenas da CONAFER se unem na criação da primeira Federação Indígena de Futebol

Ocorreu na tarde de hoje uma reunião entre a Secretaria Nacional de Assuntos Indígenas da CONAFER e o presidente da Seleção Indígena de Futebol, Mateus Terena, juntamente com o presidente da Cooperativa de Trabalho dos Índios da Terra Indígena Balaio do Alto Rio Negro, COOPERÍNDIO, Álvaro Tukano, que apresentaram suas demandas para a Confederação.

LEIA TAMBÉM:

Secretários indígenas da CONAFER prestam homenagem ao Cacique Aritana Yawalapiti

No encontro, que também contou com a presença da Secretaria de Saberes e Tradições Indígenas, Secretaria de Línguas Indígenas e Secretaria LGBT+ Casa Tibiras, o presidente da Seleção Indígena, Mateus Terena, solicitou apoio para a construção da Federação Indígena de Futebol, no que foi prontamente atendido.

O que trouxe esses notórios guerreiros e grandes articuladores do Movimento Indígena até a CONAFER, foi a busca por autonomia econômica dentro das comunidades dos povos originários, que ainda hoje lutam por seus direitos e meios de se desvencilhar da tutela do Estado.

Capa: CONAFER