AGROPECUÁRIA SUSTENTÁVEL: bioinsumos tem curso gratuito à distância com inscrições até 27 de julho

da Redação

De agosto a setembro de 2021, acontece o primeiro curso sobre produção e controle de qualidade de bioinsumos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Mapa. As aulas acontecerão de forma 100% online, as vagas são ilimitadas e os participantes receberão certificado; bioinsumos ou insumos biológicos, são produtos feitos a partir de microrganismos vegetais, orgânicos ou naturais, aplicados no combate às pragas e doenças, melhorando a fertilidade e nutrição das plantas, e por isso são a nova aposta da agropecuária sustentável em um cenário de crescente busca por processos agroecológicos acompanhados de ganhos de produtividade

O controle biológico na agropecuária do século XXI consiste na potencialização do uso de organismos ou de substâncias de ocorrência natural para prevenir, reduzir ou erradicar a infestação de pragas e doenças nas plantações. É a agropecuária sustentável, produtiva e ambientalmente equilibrada, apoiando-se em práticas que promovam a biodiversidade e os processos biológicos naturais. Por esta razão, o interesse pelos bioinsumos tem se tornado cada vez maior e deve garantir ao Brasil a liderança mundial no setor.
Os principais bioinsumos são à base de microrganismos (vírus, bactérias e fungos), mas também existem vários macro-organismos (insetos benéficos, predadores, parasitóides, ácaros predadores etc), semioquímicos (feromônios) e bioquímicos, todos muito interessantes na busca por uma produção agrícola mais dinâmica e 100% sustentável. O controle biológico no século XXI consiste na potencialização do uso de organismos ou de substâncias de ocorrência natural para prevenir, reduzir ou erradicar a infestação de pragas e doenças nas plantações.

O que são os bioinsumos?

Segundo o decreto N° 10.375, em que foi criado o Programa Nacional de Bioinsumos, o PNB, são considerados bioinsumos, quaisquer produtos, processos ou tecnologias de origem vegetal, animal ou microbiana destinados à produção, armazenamento e beneficiamento de produtos agropecuários, abrangendo os sistemas de:

Produção agrícola;
Pecuária;
Aquícola;
Florestas.

Esses produtos proporcionam melhor crescimento, desenvolvimento e mecanismos de respostas no metabolismo dos animais, plantas e microrganismos. Com isso, temos uma diversidade de produtos que podem ser conhecidos como bioinsumos, como por exemplo:

Inoculantes;
Promotores de crescimento de plantas;
Biofertilizantes;
Produtos para nutrição vegetal e animal;
Defensivos biológicos;
Produtos fitoterápicos, entre outros.

Sobre o setor de bioinsumos

Enquanto no exterior o setor cresce a uma taxa de 15% ao ano, no Brasil o mercado já apresenta taxa anual de 28% de crescimento em bioinsumos no segmento de proteção de plantas. O setor movimenta R$ 1 bilhão no país e tem grande potencial de expansão no uso para os próximos anos.

Curso tem parceria Mapa e Embrapa

O Mapa desenvolveu o curso em parceria com a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia como parte de um dos Objetivos do Conselho Estratégico do Programa Nacional de Bioinsumos. Serão 20h de capacitação com o objetivo atender a uma crescente demanda por profissionais capacitados em boas práticas de produção de bioinsumos no país.
O curso é disponibilizado via plataforma de ensino da Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro) e atende a diferentes perfis, como técnicos, extensionistas, alunos de graduação e pós-graduação, produtores rurais. Durante a capacitação, o aluno compreenda os conceitos relacionados a controle biológico, será capaz de identificar as diferentes bactérias do gênero Bacillus utilizadas em controle de pragas e doenças agrícolas, conhecerá os passos para produzir e formular bioinsumos a base de bactérias do gênero bacillus e as metodologias para garantir o seu controle de qualidade.

Faça aqui a sua inscrição

Com informações do Mapa.