Violência contra mulheres no campo cresce 377% em 2018; casos incluem tentativas de assassinato e criminalização

FONTE: De Olho nos Ruralista Relatório da Comissão Pastoral da Terra (CPT) aponta 482 casos de camponesas, indígenas e quilombolas impactadas pela violência no campo; invisibilização social e dificuldade no acesso a políticas públicas são os principais desafios Lançado

Leia mais
1 2 3

Assine a nossa newsletter
Fique por dentro de tudo que acontece aqui.