No Outubro Rosa, CONAFER ajuda as mulheres a se tocarem sobre o Câncer de Mama

da Redação

Participar das ações do mês de Outubro, ajuda a salvar vidas. A CONAFER apoia esta causa e por meio da SEAGRO (Secretaria Nacional de Agroecologia, Políticas Agrárias e Meio Ambiente), lança uma cartilha com informações importantes sobre Saúde da Mulher

A CONAFER apoia o movimento Outubro Rosa e acredita que essa é uma oportunidade de compartilhar informações sobre o câncer de mama e conscientizar o máximo de mulheres sobre a importância de detectar a doença de forma precoce, principalmente entre as nossas agricultoras.

Um dos principais objetivos do Outubro Rosa é ampliar o acesso aos serviços de diagnóstico, de forma a favorecer a detecção precoce do câncer de mama. Quanto antes for detectado, mais eficiente será o tratamento.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, o Inca, o câncer de mama é o tipo mais comum da doença entre as mulheres em todo o mundo, alcançando quase um terço dos casos. Falar sobre a doença e compartilhar informações ajuda a esclarecer mitos e é decisivo na disseminação da ideia da prevenção.

Foto: Sanar Medicina

O autoexame das mamas – no banho ou em um momento de troca de roupa, por exemplo – é fundamental para a descoberta de pequenas alterações, como a ocorrência de nódulos. O autoexame de mama é indicado para todas as mulheres a partir dos 20 anos. Como as mamas podem ficar inchadas antes e durante o período menstrual, a recomendação é fazer o exame 7 dias depois do início do sangramento.

Se notou alguma alteração nas mamas durante o autoexame, o primeiro passo é manter a calma, pois a maior parte dos caroços é benigna, podendo corresponder a um cisto sebáceo, um furúnculo (íngua) ou uma inflamação dos gânglios, o próximo passo é procurar o médico que vai indicar como proceder.

CONAFER lança cartilha sobre a Saúde da Mulher

A Secretaria de Agroecologia, SEAGRO, criou uma cartilha com informações importantes sobre a saúde da mulher com orientação sobre alimentação e práticas de exercícios, uma combinação decisiva na saúde de qualquer pessoa.

O câncer de mama tem um índice significativo de cura, chegando a 95% dos casos quando a detecção é precoce. Adotar uma alimentação saudável, rica em alimentos de origem vegetal, praticar atividades físicas, não fumar e evitar bebidas alcoólicas são medidas que colaboram para a prevenção.

LEIA TAMBÉM:

Secretaria de Agroecologia da CONAFER lança campanha “Plantando Alimentos, Colhendo Saúde”

Movimento mundial com a cor rosa surgiu nos anos 1990

Foto: Blog Londrina

O Outubro Rosa foi uma ideia que se desenvolveu com a realização da Corrida pela Cura do Câncer de Mama em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Desde então, ganhou repercussão mundial, com o uso da cor rosa associado a medidas de prevenção à doença.

O símbolo da campanha é o laço rosa, feito originalmente pela Fundação Susan G. Komen e distribuído na corrida. Os laços se popularizaram depois e foram usados também para enfeitar locais públicos e eventos de apoio à causa. Monumentos e prédios públicos também passaram a ser iluminados com luz rosa para lembrar a luta contra a doença.

Capa: Catraca Livre

Sai lista dos produtos com desconto no PRONAF até 9 de outubro

da Redação

A lista com os produtos e os estados contemplados têm validade de 10 de setembro a 9 de outubro de 2020, conforme Portaria nº 29, da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura

Com base em pesquisa de preços de mercado efetuada pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) no mês passado, foi publicada a lista de produtos amparados pela Política de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) com direito a bônus do governo federal no mês de setembro nas operações de crédito pelas instituições financeiras.

Foto: Canal Rural

Em setembro serão contemplados os seguintes produtos: açaí, banana, borracha natural cultivada, cacau (amêndoa), cana-de-açúcar, cará/inhame, castanha de caju, feijão caupi, laranja, mel de abelha, pimenta do reino e raiz de mandioca. Os produtos que registraram queda de preço de mercado terão descontos no momento de amortização ou liquidação do crédito.

Segundo o ministério, para os agricultores que têm operações de investimento sem um produto principal, que é a fonte de renda para pagamento do financiamento, há o bônus da cesta de produtos. Nesses casos, os descontos são calculados por meio de uma composição dos bônus do feijão, leite, mandioca e milho.

LEIA TAMBÉM:

Auxílio emergencial aos agricultores aprovado na Câmara inclui prorrogação de dívidas e PRONAF

Após ciclone-bomba, produtores de banana têm 60% de subvenção no Pronaf

O recebimento de bônus do PGPAF ocorre quando o valor de mercado de algum dos produtos do programa fica abaixo do preço de referência, permitindo ao produtor utilizar o valor como desconto no pagamento ou amortização nas parcelas de financiamento do PRONAF.

Os estados contemplados na lista deste mês são: 

Acre
Alagoas
Amazonas
Bahia
Ceará
Espírito Santo
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rondônia
Santa Catarina
Tocantins 
Sergipe