Bem Vindo a Confederação da Agricultura Familiar

da Redação

A Secretaria de Política Agrícola do Mapa publicou na última quarta-feira (11) as portarias 127 a 153, que aprovam o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), ano-safra 2022/2023, para o girassol no Brasil. O seu cultivo, especialmente para produção de óleo, sementes e comercialização dos grãos tem sido uma boa opção de atividade para a agricultura familiar. Mas é como alternativa aos combustíveis fósseis que o girassol ganha mais importância. Hoje, a principal demanda da planta é como matéria-prima para empresas produtoras de biodiesel, correspondendo aproximadamente a 60% do que é cultivado. Saber o tempo certo do plantio é fundamental para os produtores. O Zarc é uma ferramenta de análise do risco climático que considera as características da cultura e do solo para indicação de janelas de plantio favoráveis. Os resultados do Zarc também podem ser consultados e baixados por meio da plataforma “Painel de Indicação de Riscos”

Uma das estrelas da nova agroenergia, o girassol é pouco influenciado pelas variações de latitude e de altitude, apresenta tolerância a baixas temperaturas e é relativamente resistente à seca, portanto é uma cultura que se desenvolve bem em diversas regiões do país. As fases mais sensíveis ao déficit hídrico ocorrem durante a semeadura e a emergência das plantas e, principalmente, do início da formação do capítulo ao começo da floração seguida da formação e enchimento de grãos.
A planta desenvolve-se bem em temperaturas variando entre 20ºC e 25ºC, embora a temperatura ótima para seu desenvolvimento, situa-se na faixa de 27ºC a 28ºC. Para a obtenção de boas produtividades o girassol necessita de precipitação entre 500 a 700 mm de água, bem distribuídos durante o ciclo. O consumo de água pela cultura do girassol varia em função das condições climáticas, da duração do seu ciclo e do manejo do solo e da cultura.
Também foi considerado no estudo de Zarc do girassol a associação das condições climáticas ao risco fitossanitário, uma vez que o clima pode ou não favorecer o desenvolvimento de importantes doenças que afetam a cultura.

Por que seguir o Zarc?

Extraído da semente da flor, o óleo de girassol é cada vez mais indicado como benéficio para a saúde. O alimento é gorduroso e rico em ácidos graxos poli e monoinsaturados (cerca de 62% e 25% de sua composição, com destaque ao ômega 9. Ele também é rico em vitamina E e um poderoso antioxidante

Os agricultores que seguem as recomendações do Zarc estão menos sujeitos aos riscos climáticos e poderão ser beneficiados pelo Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) e pelo Programa de Subvenção ao prêmio do Seguro Rural (PSR). Muitos agentes financeiros só permitem o acesso ao crédito rural para cultivos em áreas zoneadas e para o plantio de cultivares indicadas nas portarias de zoneamento.

Aplicativo Plantio Certo

Após os biocombustíveis da primeira onda (etanol e o biodiesel), o girassol como bioenergia é uma das matérias-primas mais importantes para renovar a nossa matriz energética de produtos renováveis

Produtores rurais e outros agentes do agronegócio podem acessar por meio de tablets e smartphones, de forma mais prática, as informações oficiais do Zarc, facilitando a orientação quanto aos programas de política agrícola do governo federal. O aplicativo móvel Zarc Plantio Certo, desenvolvido pela Embrapa Agricultura Digital (Campinas/SP), está disponível nas lojas de aplicativos: iOS e Android

Com informações do Mapa.

Assine a nossa newsletter
Fique por dentro de tudo que acontece aqui.