Nas próximas semanas, uma Unidade Móvel Flutuante da Previdência Social, PREVBarco, estará levando atendimento, perícias médicas e avaliações assistenciais aos indígenas amazonenses em 48 comunidades diferentes. Uma parceria entre o INSS, a CONAFER e a Associação Xorómawë vai viabilizar esta grande operação pelo imenso Rio Negro. A cada parada, os serviços da previdência serão disponibilizados às aldeias. A Secretaria Nacional de Políticas de Fomento da Amazônia Legal da CONAFER, comandada pelo secretário Silas Vaz, estará com uma equipe junto com a Xorómawë, sediada em Barcelos e dirigida por Rui Macedo, o Leno, da etnia baré. Há mais de 20 anos o PREVBarco do INSS atende à população ribeirinha na região amazônica. Também serão distribuídos mais de mil brinquedos para as crianças indígenas ao longo do percurso. A embarcação percorre as comunidades a partir do porto de Manaus, oferecendo os mesmos atendimentos de uma agência fixa do INSS, concedendo benefícios como auxílio-doença, aposentadorias, pensão por morte, benefício assistencial ao idoso e ao deficiente (BPC) e salário maternidade

Levar previdência aos indígenas amazonenses faz parte da missão da CONAFER. Esta conexão com os yanomami e outras etnias da Amazônia já foi iniciada há algum tempo, e agora ela segue por um dos maiores rios do mundo, o Rio Negro. Esta ação da Confederação, Associação Xorómawë e INSS é fundamental.

À esquerda, Rui Macedo, o Leno, da etnia baré, presidente da Associação Xorómawë, sediada em Barcelos; à direita, o gestor da Secretaria Nacional de Políticas de Fomento da Amazônia Legal da CONAFER, secretário Silas Vaz

O PREVBarco ao ancorar nas comunidades indígenas é o meio de entregar os serviços de previdência, como: aposentadoria por idade (urbana e rural); aposentadoria por tempo de contribuição; pensão por morte (urbana e rural); salário maternidade (urbana e rural) e amparo à pessoa idosa.

Equipes da CONAFER e do INSS se preparam para levar os serviços de previdência às comunidades ribeirinhas do grande Rio Negro

As Unidades Móveis Flutuantes da Previdência Social, os PREVBarcos, realizam as mesmas atividades de uma agência física da Previdência Social. Além dos atendimentos, há uma sala para perícias médicas e outra para avaliações dos benefícios assistenciais. A estrutura dos barcos permite o acesso a locais isolados, ampliando o alcance do atendimento, evitando que ribeirinhos tenham que navegar por longas distâncias. Nesta nova incursão pelo Rio Negro, o PREVBarco do INSS vai levar  os serviços da previdência para 48 aldeias e comunidades ribeirinhas.

Ação inicial da CONAFER e Associação Xorómawë em um posto do INSS na cidade de Barcelos, local de onde partirá a missão ao longo do Rio Negro

Em 20 anos, mais de 600 mil ribeirinhos na região amazônica já foram atendidos. Ao chegar em uma comunidade, os ribeirinhos levam os documentos pessoais e o comprovante de residência para serem atendidos. O PREVBarco foi a primeira embarcação civil do Governo Federal a levar serviços aos rios da Amazônia.

Veja as comunidades que serão assistidas pelo PREVBarco do INSS:

Comunidade de Tapera Rio Padauiri

  1. Comunidade São Luiz
  2. Comunidade Cumaru
  3. Comunidade Boa Vista
  4. Comunidade São Lázaro
  5. Comunidade Santa Inês
  6. Comunidade Ponta da Terra
  7. Comunidade São Joaquim
  8. Comunidade Canafé
  9. Comunidade São Francisco
  10. Comunidade Floresta
  11. Comunidade Tapera
  12. Comunidade Acuacu
  13. Comunidade Nova Jerusalém
  14. Comunidade Cauburiz
  15. Comunidade Dom Pedro Segundo
  16. Comunidade Manacauaca
  17. Comunidade Piloto
  18. Comunidade Santa Elena
  19. Comunidade Alalau
  20. Comunidade Bacabal
  21. Comunidade Jaqueira
  22. Comunidade Romão
  23. Comunidade Elesbão
  24. Comunidade Terra Preta
  25. Comunidade Bacuquara
  26. Comunidade Bulixu

Aldeias indígenas yanomami

  1. Aldeia Bandeira Branca
  2. Aldeia Paraná
  3. Aldeia Monopi
  4. Aldeia Castanha
  5. Aldeia Uahima
  6. Aldeia Pahana
  7. Aldeia Lahaka
  8. Aldeia wuharu
  9. Aldeia Katakata
  10. Aldeia Águas Vivas
  11. Aldeia Lajinha
  12. Aldeia Ajuricaba
  13. Aldeia Cachoeira do Aracá
  14. Aldeia Katanapwuei
  15. Aldeia Xihopi
  16. Aldeia Komixi
  17. Aldeai Terra Alta
  18. Aldeia Novo Demeni
  19. Aldeia Xerepwuei
  20. Aldeia Weteexipi
  21. Aldeia Xiroxibi
  22. Aldeia Tararapwuei

É importante registrar também que nesta ação do PREVBarcos do INSS, a CONAFER e a Associação Xorómawë vão distribuir mais de 1 mil brinquedos para as crianças indígenas das 48 aldeias e comunidades ribeirinhas ao longo do Rio Negro.

Compartilhe:

Assine a nossa newsletter
Fique por dentro de tudo que acontece aqui.