Bem Vindo a Confederação da Agricultura Familiar

O segmento agrofamiliar brasileiro tem muito o que comemorar. Em especial, os pequenos pecuaristas, responsáveis por mais de 90% da nossa produção leiteira, e boa parte do gado de corte no país, as proteínas animais que ajudam a alimentar milhões de brasileiros. O maior programa de melhoramento genético da história da bovinocultura brasileira, o +Pecuária Brasil, chegou nas 27 unidades federativas, contemplando milhares de produtores rurais com a reprodução genética em suas propriedades. O +Pecuária está levando a biotecnologia que está mudando a vida dos agropecuaristas familiares, além de desenvolver a cadeia produtiva dos municípios e fortalecer a economia dos estados. Nesta quarta-feira, 20 de julho, tivemos a participação de prefeitos e secretarias de agricultura de 35 novos municípios que aderiram oficialmente ao programa. O canal TV CONAFER no Youtube fez as transmissões em duas lives (10h e 15h). Confira nos links: https://youtu.be/4ilS1IPGwT4 e https://youtu.be/VH7dfwSc3HM

Com os lançamentos de hoje na TV CONAFER, novos pecuaristas familiares dos estados do Pará, Ceará, Alagoas, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Maranhão, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná estarão fazendo parte do maior programa de melhoramento genético da pecuária familiar nacional. 

(legenda)

Em duas lives, 10h e 15h, 35 municípios aderiram oficialmente ao maior programa de melhoramento genético da pecuária familiar brasileira

O +Pecuária Brasil representa um grande salto de qualidade na bovinocultura nacional. Ele nasceu de uma parceria da CONAFER com a líder mundial na tecnologia de inseminação artificial, a Alta Genetics, com o objetivo de desenvolver os rebanhos bovinos, de corte e leite, em todo o país, contribuindo decisivamente para o crescimento socioeconômico dos pecuaristas agrofamiliares brasileiros. O programa tem a duração de 4 anos para ocorrer o efetivo melhoramento genético. 

Neste período, a CONAFER fará a doação de sêmens aos pequenos pecuaristas de estados e municípios, atingindo milhares de produtores em todo o território nacional. Para desenvolver o +Pecuária Brasil nos estados, os corpos técnicos da CONAFER e da ALTA GENETICS darão o treinamento de nivelamento dos técnicos das secretarias de forma presencial. Às secretarias caberá a definição de um corpo técnico para elaborar o plano de trabalho e implantar o +Pecuária Brasil por meio da seleção dos pecuaristas que tenham propriedades em boas condições sanitárias e nutricionais do rebanho.

A coordenadora Nacional do +Pecuária, Amanda Soares, durante o agradecimento aos prefeitos e colaboradores das secretarias municipais de agricultura presentes na live das 15h

O grande diferencial do programa +Pecuária Brasil

A entrega das prenhezes ao pequeno produtor é o foco do +Pecuária. São projetadas até 2025, 1 milhão de prenhezes, todas viabilizadas pela entrega de semêns e insumos, com a efetiva inseminação e acompanhamento da gestação pelos técnicos da CONAFER até a prenhez do animal. Em pouco tempo, esta verdadeira revolução genética já chegou nas 5 regiões brasileiras, contemplando pecuaristas familiares do Norte a Sul do Brasil em tempo recorde. 

Os benefícios ao produtores 

A reprodução é um dos fatores que mais afetam a produtividade e a lucratividade de um rebanho. Uma propriedade com bom desempenho reprodutivo consegue produzir mais, vender mais e gerar mais lucro.

Qualidade no rebanho

O programa trabalha com touros provados e acesso ao catálogo de raças da ALTA GENETICS, reduzindo as chances de doenças genéticas nos plantéis.

Lucro no negócio

Com a melhora dos índices de reprodutividade, eleva-se a produção leiteira, a qualidade do gado de corte e a lucratividade final do produtor. A garantia de um rebanho certificado aumenta o valor do produto final, melhora a comercialização e cria perspectivas de futuro para o negócio.

Tecnologia na produção

A tecnologia da inseminação artificial atua no aumento de produção de arrobas por hectare, no tamanho da carcaça, na fertilidade, na eficiência alimentar, na resistência a doenças. Em resumo: o melhoramento genético diminui o custo e aumenta a produção.

Sustentabilidade no campo

O melhoramento genético é a melhor ferramenta para responder à demanda por sustentabilidade ambiental. No mais positivo dos cenários, em relação ao desempenho, é possível ter o dobro de produção em metade das terras ocupadas atualmente pela bovinocultura. A produção sustentável garante mais lucros com menores custos, conserva os solos e os recursos hídricos, preserva a biodiversidade, possibilita o sequestro de carbono maior que a emissão de metano dos bovinos, além da pastagem com melhor qualidade nos períodos críticos do ano.

Desenvolvimento para estados e municípios

O programa integra-se às políticas públicas de estados e municípios, que tem a oportunidade de fomentar o setor, melhorar as condições socioeconômicas dos pequenos produtores, gerar mais empregos, levar nova tecnologia ao campo e ampliar as receitas estaduais com o crescimento de toda a cadeia produtiva agropecuarista.

Assine a nossa newsletter
Fique por dentro de tudo que acontece aqui.