O Boi de Mamão, uma tradição em Paranaguá, no litoral do Estado do Paraná, mistura música, dança e teatro, e tem o boi como a figura principal da apresentação que atrai muitos turistas. Agora é a vez do +Pecuária Brasil também contribuir com a vida cultural e econômica da cidade que tem o 2º porto mais importante do país. Hoje, 26 de outubro, às 10 horas da manhã, os pecuaristas parnanguaras e de outros 34 municípios de 12 estados brasileiros, oficializaram o acordo de cooperação técnica para receber o maior programa de melhoramento genético da agricultura familiar, levando a biotecnologia reprodutiva às suas propriedades, desenvolvendo os rebanhos e a cadeia produtiva para mudar a vida de milhares de pequenos produtores em todo o território nacional. O canal TV CONAFER no Youtube fez a transmissão da live que você pode conferir neste link: https://youtu.be/MJPjqlrOmx0

Com as novas 35 cidades, já são mais de 2 mil municípios brasileiros que oficializaram acordos de cooperação técnica para receber o maior programa de melhoramento genético da pecuária familiar brasileira. O programa está oficialmente nas 27 unidades da federação. Esta é uma verdadeira revolução genética no campo, porque além de desenvolver a cadeia produtiva dos municípios e fortalecer a economia dos estados, está mudando a vida de milhares de pecuaristas agrofamiliares. 

O Coordenador Geral do +Pecuária Brasil, médico veterinário Vinicius Nascimento, ressaltou durante a transmissão “o compromisso do programa em promover um grande salto de qualidade dos rebanhos, fortalecendo a reprodutividade e a produtividade, melhorando a renda dos produtores”

Desde que a CONAFER e a Alta Genetics, líder mundial em tecnologia de inseminação artificial, criaram o + Pecuária Brasil, os acordos de cooperação técnica com secretarias de estados e municípios se multiplicam, dia após dia, pelos 6 biomas do território nacional. São projetadas até 2025, 1 milhão de prenhezes, todas viabilizadas pela entrega de sêmens e insumos, com a efetiva inseminação e acompanhamento da gestação pelos técnicos da CONAFER. Este é o grande diferencial do programa, pois a prenhez é algo efetivo, que materializa todas as ações do projeto, desde a preparação nutritiva, o manejo do rebanho, a fase hormonal, o processo de inseminação e a gestação do animal. O +Pecuária Brasil tem a duração de 4 anos para ocorrer o efetivo melhoramento genético.

Equipe técnica de excelência 

Uma equipe técnica do mais alto nível em tratamento animal, biotecnologia reprodutiva e logística, é fundamental para a efetivação do + Pecuária Brasil em todo o território nacional. Por isso, o programa conta com médicos veterinários em propriedades agrofamiliares do país inteiro. Todos os dias, eles executam protocolos hormonais, realizam avaliação ginecológica dos animais selecionados, a inseminação artificial e os diagnósticos de gestação. Além deste suporte, a equipe de veterinários oferece total assistência aos pequenos produtores participantes do +Pecuária, sempre com orientações sanitárias (que incluem calendário vacinal e saúde animal), nutricionais e de organização para otimização dos resultados e respectivos lucros. São todos profissionais altamente qualificados, e que estão empenhados em ajudar no desenvolvimento da bovinocultura nacional por meio deste projeto inédito da pecuária familiar brasileira.

O vice-presidente da CONAFER, Tiago Lopes, ao final da transmissão da live deu boas-vindas aos novos municípios que aderiram ao programa +Pecuária Brasil

No encerramento da live, o vice-presidente Tiago Lopes reforçou as qualidades do programa e a parceria de sucesso entre a Confederação e os municípios, afirmando que “a gente ainda tem aquele discurso de alguns agricultores que precisam ampliar as áreas de pastagem para poder melhorar o ganho de peso do seu rebanho. Não precisamos mais devido a evolução genética que temos no século 21. E pensando nisso tudo, chamamos uma parceira, que é hoje, a maior da América Latina, a Alta Genetics, e também uma das maiores do mundo. Fico feliz pela Confederação levar o ACT aos prefeitos, e mais feliz ainda pela credibilidade que os prefeitos têm dado a este projeto. Não é fácil o número que já estamos alcançando, são 2 mil e 100 municípios”.

A CONAFER não mede esforços para que o progresso genético e uma pecuária lucrativa cheguem a todos, mesmo aos que estão mais distantes e que são invisíveis às políticas públicas. Agora, estes produtores têm a chance de ter genética de ponta em suas propriedades a custo zero, fazendo uma revolução na sua produção, triplicando o lucro a médio prazo, alcançando sucesso financeiro e produtivo, o que garante qualidade de vida para suas famílias, educação de qualidade para seus filhos, diminuição do êxodo rural, crescimento de toda a cadeia produtiva e obtenção de um desenvolvimento socioeconômico substancial para estados e municípios brasileiros.

Qualidade no rebanho e lucro no negócio

O programa trabalha com touros provados e acesso ao catálogo de raças da ALTA GENETICS, reduzindo as chances de doenças genéticas nos plantéis. Com a melhora dos índices de reprodutividade, eleva-se a produção leiteira, a qualidade do gado de corte e a lucratividade final do produtor. A garantia de um rebanho certificado aumenta o valor do produto final, melhora a comercialização e cria perspectivas de futuro para o negócio.

Tecnologia na produção

A tecnologia da inseminação artificial atua no aumento de produção de arrobas por hectare, no tamanho da carcaça, na fertilidade, na eficiência alimentar, na resistência a doenças. Em resumo: o melhoramento genético diminui o custo e aumenta a produção.

Sustentabilidade no campo

O melhoramento genético é a melhor ferramenta para responder à demanda por sustentabilidade ambiental. No mais positivo dos cenários, em relação ao desempenho, é possível ter o dobro de produção em metade das terras ocupadas atualmente pela bovinocultura. A produção sustentável garante mais lucros com menores custos, conserva os solos e os recursos hídricos, preserva a biodiversidade, possibilita o sequestro de carbono maior que a emissão de metano dos bovinos, além da pastagem com melhor qualidade nos períodos críticos do ano.

Desenvolvimento para estados e municípios

O programa integra-se às políticas públicas de estados e municípios, que têm a oportunidade de fomentar o setor, melhorar as condições socioeconômicas dos pequenos produtores, gerar mais empregos, levar nova tecnologia ao campo e ampliar as receitas estaduais com o crescimento de toda a cadeia produtiva agropecuarista.

Foto da capa de autoria de Mariana Mendonça, publicada na Folha do Litoral News (https://folhadolitoral.com.br

Conheça as 35 cidades e 12 estados que participaram da live de lançamento do +Pecuária Brasil nesta quarta-feira, 26 de outubro:

PARANAGUÁ-PR

PARACAMBI-RJ

PIRAPORA-MG

MORRO DO PILAR- MG

NOVO AIRÃO-AM

LUZIÂNIA-SP

COTEGIPE-BA

ITIRUÇU-BA

JATOBÁ-PE

LAGOA DA CANOA-AL

NOVA BOA VISTA-RS

APIÚNA-SC

BONITO-BA

CÂNDIDO DE ABREU-PR

IBICUÍ-BA

BARRO-CE

RANCHO ALEGRE-PR

COREAÚ-CE

BREU BRANCO-PA

ALTAMIRA-PA

JEREMOABO-BA

SENGÉS-PR

CRISTÓPOLIS-BA

IBIRAPUÃ-BA

SENTINELA DO SUL-RS

ITACURUBA-PE

CASTRO-PR

IRETAMA-PR

CÔNEGA MARINHO-MG

PALOTINA-PR

JARDIM ALEGRE-PR

NOVO ITACOLOMI-PR

VASSOURAS-RJ

PIRIPÁ-BA

SANTA LUZIA-BA

Compartilhe:

Assine a nossa newsletter
Fique por dentro de tudo que acontece aqui.

CONAFER - 2022