Bem Vindo a Confederação da Agricultura Familiar

da Redação

O café é um grande estímulo para o desenvolvimento da agricultura familiar em todo o país. Pequenas propriedades de agricultores são responsáveis por 38% do cultivo de café do maior produtor mundial.

Nas pequenas produções de café, há o predomínio da agricultura de base familiar incluindo a força de trabalho, com produção em baixa escala e a contratação de trabalhadores assalariados no período da safra. Em regiões de elevada concentração de agricultores familiares, ocorre também a organização de mutirões para a colheita.

A segunda bebida mais consumida no mundo

De acordo com dados da Organização Internacional do Café, a OIC, o consumo mundial de café em 2019 foi de 165 milhões de sacas de 60kg, e a tendência é que este número aumente ainda mais com a demanda crescente pelo produto com alto valor agregado e 100% orgânico.

Em relação às regiões que mais produzem café no mundo, a América do Sul, maior região produtora de café no mundo, foram 70 milhões de sacas. A Ásia tem no Vietnã um grande produtor com 20 milhões de sacas. Na América Central e México, o registro foi de 15 milhões de sacas. Na África, atingiu 12 milhões de sacas de 60kg, volume que aponta um aumento percentual até expressivo de 30% no período 2018-2019, objeto desta análise.

Por causa da diversidade de regiões ocupadas pela cultura do café no Brasil, com variedade de climas, relevos, altitudes e latitudes, produzimos tipos variados de grãos. O que possibilita atender às diferentes demandas de paladar e preços dos consumidores brasileiros e estrangeiros.

Essa diversidade aumenta os lucros dos produtores, pois permite o desenvolvimento de vários blends (misturas de tipos), além de cafés aromáticos e especiais. As duas principais espécies plantadas são o arábica (ocupa 80% da área de plantio) e o conilon.
O grão arábica é o mais apreciado. A bebida produzida a partir do grão arábica apresenta complexidade de aroma e sabor (doçura e acidez). Além de ser delicioso, o café consumido em moderação faz muito bem para a saúde e pode ser um importante aliado na prevenção a algumas doenças.

https://conafer.org/2020/08/14/cafe-um-estimulo-ao-crescimento-da-agricultura-familiar/

Confira 11 benefícios do café comprovados cientificamente

  1. Melhora o funcionamento do fígado
    Pesquisas mostram que pessoas que bebem quatro xícaras de café por dia têm menos chance de contrair doenças do fígado.
  2. O café faz muito bem para a cognição
    Uma das principais substâncias contidas nos café, a cafeína, é um potente estimulante psicoativo. Ele age sobre o cérebro, gerando uma série de reações químicas que o fazem trabalhar mais rapidamente, melhorando o humor, a memória e o funcionamento cognitivo geral, isto é, o café melhora a inteligência.
  3. Estimula o metabolismo
    Uma das substâncias associada à queima de gordura, a cafeína, é encontrada em quase todos os suplementos para perda de peso. Estima-se que beber café estimule o funcionamento do metabolismo em cerca de 11%.
  4. Possui nutrientes importantes
    O café é uma importante fonte de antioxidantes. Ele também contém uma série de nutrientes, como vitaminas B2, B3, B5 e manganês, magnésio e potássio.
  5. Café reduz o risco de diabetes tipo 2
    Algumas pesquisas mostram que o consumo diário de café reduz o risco de diabetes.
  6. Reduz o risco de Parkinson
    O Mal de Parkinson está associado à queda dos níveis de dopamina no organismo. A cafeína tem o efeito de aumentar a dopamina no cérebro, diminuindo a possibilidade de desenvolver a doença.
  7. Beber café combate a depressão
    A dopamina não previne só o Mal de Parkinson. Ela também é muito conhecida como a “substância do prazer” e é capaz de diminuir a ocorrência de depressão.
  8. Reduz o risco de câncer
    O café reduz ainda a ocorrência de câncer de intestino, além de prevenir o risco de câncer de pele – particularmente em mulheres.
  9. Previne derrame e doenças cardíacas
    Quem bebe café regularmente tem menos risco de derrame e apresenta taxas mais baixas de doenças cardíacas.
  10. Café ajuda na limpeza do organismo
    O café é um ótimo diurético. O corpo humano elimina bactérias e vírus prejudiciais por meio da urina, e beber café aumenta este processo natural.
  11. Reduz demência e Mal de Alzheimer
    Café geralmente melhora a memória, graças aos efeitos da cafeína sobre neurotransmissores no cérebro. Pessoas que bebem café regularmente têm mostrado menos risco de desenvolver doenças neurodegenerativas.

Leave a Comment

Assine a nossa newsletter
Fique por dentro de tudo que acontece aqui.