FONTE: Brasil de Fato

Projeto de lei não passou por consulta pública e tramitou em regime de urgência

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou nesta semana o Projeto de Lei 147 de 2018 que dispõe sobre o cadastro de insumos agrotóxicos, além da fiscalização e da destinação de embalagens dos produtos.
A ação foi questionada pela bancada de oposição e ativistas da agroecologia.
Segundo o deputado Teonílio Monteiro da Costa, o Barba, líder da bancada do Partido dos Trabalhadores, o PL não passou por consulta pública e tramitou em regime de urgência, sem necessidade

Leave a Comment